terça-feira, 20 de abril de 2010

As coisas deveriam ser bem mais simples. Assim seria bem mais fácil viver. Pelo menos aparentemente.

Poderíamos aceitar coisas que
sabemos que vai ser para o nosso bem sem questionar.
Podíamos amar somente as pessoas que sabemos que nos ama na mesma intensidade. Com isso não existiria aquela coisa de que ‘um sempre ama mais que o outro em uma relação’.
Tem coisa mais egoísta que isto?
Podíamos fazer as coisas sem ter prazo, ou hora marcada.
Faríamos com mais calma, “sentimento” e com certeza sairia bem mais feito.
As pessoas não respondem bem sobre pressão.
Isso é fato!

Tínhamos que ter pelo menos a idéia de infância feliz.
Com amor, carinho, compreensão, atenção, respeito, moralidade, ética, sabedoria, dedicação de ambas as partes. Tanto dos pais, quanto dos filhos que na maioria das vezes criticam os pais.
Não deveríamos nos importar com uma carona da mamãe ou do papai ate a porta do colégio, com direito a beijinho de despedida.
Isso é totalmente valorizado, e você vai saber por quem quando perder isso.

Devíamos ficar na casa dos nossos avós pelo menos uma semana.
Entenderíamos muitas coisas, e aprenderíamos muitas outras.
E não tem lugar melhor para se ir quando se quer ‘quebrar’ as regras e descobrir coisas sobre os seus pais que provavelmente não descobria se seus avós não existissem e te colocassem acima ate mesmo de seus filhos. Valorize isso, pois pode ter certeza que ninguém mais no mundo vai ter tanto apresso e te colocar em primeiro lugar como os seus avós!
Retribua isso de qualquer maneira atenciosa, mas retribua.
Você não vai gostar de se arrepender por não dito palavras amorosas quando teve a oportunidade.
E não as disse pela ilusão de que eles viveriam para sempre.
Infelizmente não é assim.
Saiba disso desde de já!

Se for para ser uma pessoa sem saúde que seja por genética, e não por descuido ou exagero.
Seja amigável com o seu irmão mais velho... No fundo no fundo ele  sabe o que faz. E no futuro, vai ser das brigas e ‘traquinagens’ de que você vai dar mais risada.
Tenha um animalzinho de estimação, seja um cachorro, gato, coelho...
Qualquer coisa é bom ver a alegria, reconhecimento e companheirismo deles em relação a você.
Mas para isso você não pode maltratá-lo.
Tenha contato com a Internet o mais tarde possível, ela te ensina e te leva para lugares únicos, mas faz você perder momentos da sua vida irrecuperáveis.

Se for para fazer uma pesquisa use a biblioteca ela vai te mostrar a mesma coisa que o google. Só que com mais valorização já que você não vai obter o resultado tão imediato assim.
Escute musicas dos mais variados anos e estilos.
É legal ver a evolução e degradação das musicas.

Não faça parte apenas de um grupo de amigos.
Isso parece legal, mas te deixa muito vulnerável a eles.

Tenha personalidade.

Caráter.

Perseverança.

Sonhos, muitos sonhos.
Não tenha medo de sonhar, eles são uma parte de você que um dia vai se destacar.

Não tenha medo de uma mudança radical, cautela talvez mais jamais medo.


Tenha vontade e coragem
 para mudar de país.
É um grande crescimento pessoal!

Nunca, jamais esnobe e desfaça de uma pessoa, você nunca sabe quando vai precisar dela. Ela pode não ter o que te oferecer agora, mas no futuro certamente terá!

Seja educado com todos sem exceção.
Educação não custa nada e faz toda a diferença.

Enquanto estiver na escola estude, mesmo que pareça difícil, tente isso vai te levar ate os seus sonhos.

Tenha idéias malucas, conheça pessoas malucas, elas te oferecem algumas respostas sobre a vida sem você pedir.

Tenha pelo menos um amigo de cada jeito. Um hippie, nerd, aventureiro, desconhecido, verdadeiro, tímido, extravagante, gay, lésbica, sapatão, endividado, complicado, necessitado e porque não um drogado.

Tenha amigos, colegas, companheiros.
Tenham confidentes.

Tenha problemas e ache as soluções.

Saia correndo pelo mundo e descubra que viver é bem mais do que se pode imaginar.

É inimaginável!